Ipanema (21) 2287-0453 | Barra (21) 2438-8301      contato@cliderma.com.br    |   

Dermatoscopia e Mapeamento Corporal

Dermatoscopia e Mapeamento Corporal

O uso de métodos de imagem para o diagnóstico de doenças na pele é cada vez mais utilizado. Por ser o maior órgão do corpo humano, responsável por 15% do nosso peso, a pele oferece acesso fácil para a utilização de equipamentos que nos permitem visualizar estruturas não visíveis ao olho nu, que podem ser indicativas de doenças. A principais vantagens dos métodos de imagem como a dermatoscopia são: diagnóstico precoce do câncer da pele, evitar biópsias desnecessárias e o seguimento a longo prazo de diversas lesões.


Dermatoscopia Digital

É um exame complementar ao exame clínico que possibilita o diagnóstico mais preciso das lesões cutâneas pigmentadas. Com o uso da Dermatoscopia o médico pode optar pelo acompanhamento ou pela biopsia de uma lesão suspeita com muito mais segurança. Entretanto, a Dermatoscopia não substitui a biopsia e o exame histopatológico.

O objetivo primordial da Dermatoscopia é o diagnóstico precoce do melanoma. Muitas vezes uma lesão pigmentada da pele começa a chamar a atenção apenas quando atinge um tamanho significativo (acima de 6,0mm) ou quando já apresenta algum sintoma como sangramento, dor ou ulceração. Através da Dermatoscopia o médico é capaz de identificar lesões com tamanho a partir de 1,5mm de diâmetro, o que possibilita o tratamento de lesões muito iniciais, com melhor prognóstico.

Além do diagnóstico precoce do melanoma, a Dermatoscopia faz com que biopsias desnecessárias não sejam realizadas e evita dessa maneira cicatrizes por vezes inestéticas sem que haja real necessidade.

O exame dermatoscópico não é invasivo, é indolor e demora cerca de 15 a 20 minutos para ser realizado, de acordo com a quantidade de lesões do paciente. Durante o exame é possível a captação das imagens através de uma câmera digital, o que permite a análise computadorizada das lesões e o armazenamento, visando o acompanhamento futuro. O intervalo entre os exames é determinado pelo médico solicitante.


Mapeamento Corporal Total

Consiste na documentação fotográfica de todas as lesões pigmentadas no corpo inteiro. Em seguida, as lesões suspeitas são selecionadas, submetidas à dermatoscopia digital e analisadas individualmente através de um sofisticado software. O aparelho utilizado é o Fotofinder, desenvolvido em Tubinger na Alemanha.

Todas as imagens obtidas são armazenadas, o que possibilita o acompanhamento em intervalos regulares. Seu principal objetivo é auxiliar o médico na tomada de decisão pela retirada ou acompanhamento de uma “pinta” suspeita, facilitando o diagnóstico precoce do câncer da pele, principalmente do melanoma.


Dermatoscopia do Couro cabeludo

Para o diagnóstico e tratamento da evolução da calvície e queda de cabelos em homens e mulheres. Através da dermatoscopia capilar é possível avaliar a densidade capilar e a variação de diâmetro das hastes foliculares possibilitando um diagnóstico mais preciso e um parâmetro real para acompanhamento do tratamento.

É um exame não invasivo e seus dados podem ser avaliados em conjunto com o tricograma para uma melhor orientação terapêutica.


Mapeamento Corporal Total e Dermatoscopia Digital


O que é?

O Mapeamento Corporal Total / Dermatoscopia Digital é um exame complementar que tem como objetivo principal o diagnóstico precoce do câncer da pele, em especial, o melanoma. Ele consiste na documentação fotográfica de toda superfície corporal seguida da documentação dermatoscópica dos “sinais” ou “pintas” ( nevos melanocíticos) selecionadas para que seja realizado um monitoramento ao longo do tempo, em intervalos regulares.


Para quem está indicado?

Suas indicações formais são: pessoas com história prévia ou familiar de melanoma, portadores da síndrome do nevo atípico (“pintas” com mais de 6mm de diâmetro, mais de duas cores e com bordas irregulares) e indivíduos com mais de 50 nevos melanocíticos (“pintas” ou “sinais”). Este exame deve ser solicitado por um médico e não está indicado como rotina para pessoas que não possuam indicação.


Existem contraindicações?

Não existem contraindicações.


Como é realizado?

O paciente permanece em pé por aproximadamente 10 minutos para documentação fotográfica de toda superfície corporal, em seguida deita-se e as lesões são selecionadas pelo médico. O restante do exame, que é a realização da dermatoscopia das lesões de maneira individualizada, é realizado com o paciente deitado. Para captação da dermatoscopia é aplicado um gel com base alcóolica em cada lesão a ser documentada. O tempo de duração pode variar entre 30 e 60 minutos.

O exame NÃO é realizado em uma máquina fechada como a tomografia computadorizada ou ressonância magnética e também NÃO há emissão de nenhum tipo de radiação.


Qual o preparo necessário?

•Comparecer no dia do exame com traje de banho que cubra a menor área de superfície corporal possível. 

•No dia do exame NÃO aplicar nenhum tipo de maquiagem, hidratante ou filtro solar em toda superfície corporal.

•Para homens que possuam uma quantidade maior de pelos, que dificulte a identificação das “pintas”, é necessário raspar ou cortar os pelos na véspera.

•Indivíduos com cabelos compridos podem ajudar se já comparecerem com os cabelos presos.


Quanto tempo demora o resultado?

Em média 7 dias. O laudo acompanhado do CD poderá ser retirado na recepção ou enviado para o endereço desejado, mediante o pagamento de uma taxa de entrega.


Com que frequência devo fazer esse exame?

A frequência do exame é determinada pelo médico solicitante. Em geral, para os pacientes com indicação formal o exame é realizado anualmente.